*




5 de abr de 2009

Tolerância


Orquídeas em harmonia
Foto: Marli Reis

É como um bálsamo para o espírito, mesmo não sendo um exercício fácil, valioso para momentos em que se precisa alcançar um espaço no mais íntimo do ser e dentro dele ver que existem pérolas, mas também lixo, lixo espiritual, depois disso, uma faxina resolve. É preciso saber olhar para esse íntimo e realmente ver o que precisa mudar para que a tolerância apareça com mais força no momento oportuno. Um olhar especial para as pérolas que acompanham a tolerância também fortalece a vida para as colheitas daquilo que se plantou.

Esse pensamento é resultado de trocas de entendimentos com um anjo em forma de homem, uma pessoa suave que algumas vezes encontro nas noites de domingo.

Um comentário:

lau siqueira disse...

Você precisa conversar, também, com Voltaire. Leia "Tratado sobre a tolerância".
Um beijo carinhoso. Gsoto muito de te ver lá na minha casinha.