*




28 de dez de 2010

Feliz Ano Novo aos amigos do blog!!!... E aos visitantes que passam, e voltam!!!... Minha gratidão pela companhia neste ano!!!

  Em Natal/RN
Fotografia: Marli Reis

 ***
Pensamentos

Crie bons pensamentos de manhã, sustente-os durante o dia e destrua aqueles que são negativos à noite. Quando você tem essa atenção com sua agenda diária, mudança definitivamente acontece. Tudo depende da sua atitude. Quando há profunda realização e o desejo de mudar, Deus ajudará no que você precisa. Esse desejo nunca deve esfriar. Seja o que você faça, faça com amor e com o coração. Assim sua vida se tornará muito elevada. *** Dadi Nirmal Shanta

*** 

26 de dez de 2010

Sobre os "Pensamentos"

 *

 "Pensamentos"



               “Sua mente vagueia? Pensando no que fazer hoje ou no que poderia ter feito ontem, na última semana ou no ano que está quase acabando? Se você faz isso, você não está só. A maioria das mentes é como um trem desgovernado. Os seres humanos fazem o mundo funcionar e suas mentes subconscientes fazem os seres humanos funcionar. Para mudar essa tendência precisamos prestar atenção nos nossos pensamentos a cada segundo. Quanto tempo leva para um ladrão roubar um anel de brilhantes?  Apenas um segundo. Por isso precisamos proteger nossos valores, ou seja, nossos pensamentos e nossa energia mental. São os nossos pensamentos que criam o nosso mundo.” – BK David

16 de dez de 2010

Feliz Natal

*
**
****
*******
***********
***************
******************
Quero me unir a tantas
vozes e desejar também a 
todos que por aqui passam 
FELIZ NATAL, saúde e sempre 
amor!!! Obrigada pela presença!!!
*****************************
*******************************
*********************************
***********************************
*************************************
***************************************

******************************

2 de dez de 2010

Sobre o Construtivismo

Construtivismo é uma das correntes teóricas empenhadas em explicar como a inteligência humana se desenvolve partindo do princípio de que o desenvolvimento da inteligência é determinado pelas ações mútuas entre o indivíduo e o meio.
Esta concepção do conhecimento e da aprendizagem que derivam, principalmente, das teorias da epistemologia genética de Jean Piaget e da pesquisa sócio-histórica de Lev Vygotsky, parte da idéia de que o homem não nasce inteligente, mas também não é passivo sob a influência do meio, isto é, ele responde aos estímulos externos agindo sobre eles para construir e organizar o seu próprio conhecimento, de forma cada vez mais elaborada.
Nesta concepção, o conhecimento não se traduz em atingir a verdade absoluta, em representar o real tal como ele é, mas numa questão de adaptação (noção trazida da biologia) do organismo a seu meio ambiente. Assim, o sujeito do conhecimento está o tempo todo modelando suas ações e operações conceituais com base nas suas experiências. O próprio mundo sensorial com que se depara é um resultado das relações que se mantém com este meio, de atividade perceptiva para com ele, e não um meio que existe independetemente.
Na aquisição de novos conhecimentos o ser humano, segundo Piaget, adota dois procedimentos: a assimilação e a acomodação. Estes dois processos buscam restabelecer um equilíbrio mental perturbado pelo contato com um dado incompatível com aquilo que se conhece até então (princípio de equilibração). No primeiro caso aquilo com que se entra em contato é assimilado por um esquema já existente que então se amplia, no segundo, o dado novo é incompatível com os esquemas já formulados e então se cria um novo esquema acomodando este novo conhecimento. Este novo esquema será então ampliado na medida em que o indivíduo estabelecer relações com seu meio.

Fonte: Wikipédia


30 de out de 2010

Parte da exposição de Rudolf Steiner (filósofo e pedagogo) sobre o pensar e os sentidos


Enquanto se desenvolve em sua existência terrena a partir do nascimento, o homem se defronta cognitivamente com o mundo. Primeiro alcança a visão sensorial; mas esta é somente um posto avançado do processo cognitivo. Nessa visão ainda não se manifesta tudo o que está no mundo. O mundo possui essência; mas inicialmente o homem não alcança esse elemento essencial. Ele ainda se fecha diante deste. Pelo fato de ainda não contrapor sua própria essência ao mundo, forma do mundo uma imagem em que falta a essência. Essa imagem do mundo é, em realidade, uma ilusão. Quando, porém, o pensar livre dos sentidos vem de seu interior para acrescentar-se à percepção sensorial, a ilusão se embebe de realidade, deixando de ser ilusão. (...) 

R Steiner 

Retirado do livro "Minha Vida", a narrativa autobiográfica do fundador da Antroposofia.
Página 138, Editora Antroposófica.

24 de out de 2010

Maturidade

 
Uma perspectiva sobre a  "Maturidade":

"Se ainda temos o hábito de nos queixarmos é porque queremos a atenção de alguém. Isto mostra que ainda não aprendemos a superar nossas dificuldades por conta própria. Achamos que as causas e as soluções são alheias à nossa ação - os outros acabam sendo os culpados. Para mudar essa visão aprenda a conhecer-se verdadeiramente. Assim como a tarefa do médico é curar o paciente e não culpá-lo por ter adoecido, torne-se livre das pequenas coisas causadoras de instabilidade e seja ilimitado na sua atitude." 

Pensamento de Antonio Sequeira, Virtudes para uma Nova Consciência, 
retirado do livro "A paz de todo dia", Editora Brahma Kumaris.

26 de set de 2010

Diga não ao bullying

O TEXTO ABAIXO FOI RETIRADO DA REVISTA PERSONARE
www.personare.com.br 


Florais resgatam a autoestima e coragem daqueles que sofrem na escola

Infelizmente esta palavra da lingua inglesa vem sendo cada vez mais conhecida. O bullying é caracterizado quando um ou mais alunos faz uso de atos agressivos - verbais ou físicos - repetidamente contra um ou mais colegas.
Alguns destes atos podem ser colocar apelidos ofensivos, humilhar, discriminar, isolar, intimidar, perseguir, amendrontar, bater, tiranizar. Alvos frequentes são os tímidos, os baixinhos, gordinhos, portadores de óculos, os muito magros. Crianças que sofrem de baixa autoestima e têm dificuldade para reagir à situação.
É muito difícil para os pais descobrirem que seu filho sofre algum tipo de perseguição em sala de aula, seja ela verbal ou física. Entrar em contato com a escola e deixar a direção ciente dos fatos e disposta a solucionar a situação penosa é o primeiro passo.
Em casa, é importantíssimo trabalhar a autoestima da criança ou adolescente, além de fazê-lo entender que é preciso reagir e denunciar o agressor.
Alguns florais podem ser de extrema valia neste processo pois resgatam a autoestima e despertam a coragem de relatar os problemas da escola. Reconhecer seus valores desperta o amor por si mesmo. E quem se ama cria forças para sair de situações de tirania"Reconhecer seus valores desperta o amor por si mesmo. E quem se ama cria forças para sair de situações de tirania" ou humilhação.
Veja abaixo algumas das essências que podem fazer a diferença na vida social do seu filho:
  • Larch(Bach) - para os que sofrem de grande insegurança e baixa autoestima. Traz confiança para que a criança sinta-se fortalecida e expresse seus sentimentos.
  • Mimulus(Bach) - bom para os tímidos, acanhados, medrosos e que vêem a si mesmos como fracos e vulneráveis. Aumenta a capacidade de enfrentar os desafios.
  • Centaury(Bach) -indicado para quem sempre se comporta como "capacho" dos outros.
  • Confid Essence(Austrália) - este composto floral é para os que sofrem de baixa autoestima, timidez, falta de confiança e acabam incorporando o papel de vítima. Desperta a habilidade e o poder de mudar as situações negativas.
  • Buttercup(Califórnia) - este floral é perfeito para a criança que se subestima e não percebe o próprio valor. Para os introvertidos que têm dificuldade para inserir-se em círculos sociais.
  • Trumpet Vine (Califórnia) - desperta a autoconfiança para comunicar-se.

Onde encontrar:

Rio de Janeiro Quintessência - (21) 2205-0505 http://www.quintessencia.com.br/
São Paulo HNCristiano - (11) 2979-9868 http://www.hncristiano.com.br/portal/ Equilíbrio - (11) 3815-1386. http://www.equilibrio.com.br/
Belo Horizonte Officinalis - (31) 3296-8917/3344-2922 Chlorantha - (31) 3241-5212/3224-8533
Fortaleza Farmácia Farmaverde - (85) 3261-1566

Nota importante sobre a escolha dos florais:

A automedicação de florais parece bem fácil. A pessoa procura por palavras-chave e escolhe as essências. Você não precisa se identificar com 100% das características de uma essência para tomá-la. Eles não apresentam contra-indicação, mas para fazer a escolha correta é preciso conhecer os sistemas florais e, ao mesmo tempo, ter capacidade de perceber claramente as questões pessoais ou das pessoas próximas, o que nem sempre é simples. Por isso, um profissional capacitado é sempre a melhor opção.
SOBRE O AUTOR
Carolina Arêas
Iniciou sua formação como terapeuta floral através do Healing Herbs, da Inglaterra, estudando as essências de Bach. Também trabalha com Reiki nível II e massoterapia ayurvédica. Saiba mais »
contato: carolinaareas@yahoo.com.br

2 de set de 2010

Sobre "Grãos Germinados"

 Gãos
 Fotografia: Marli Reis



As informações abaixo foram retiradas do site "Cultivar"
*

Grãos germinados na alimentação humana
Nos grãos germinados todo o imenso potencial nutritivo está desenvolvido ao máximo, havendo liberação de energia, bem como de uma série de enzimas e de catalisadores que facilitam a absorção dos principais nutrientes do grão pelo organismo.
Existem relatos de que a germinação de grãos na alimentação humana já era usada pelos Chineses, na época da construção da Grande Muralha da China, aproximadamente três séculos antes de Cristo, em que o Imperador Shang Nung indicou o uso de grãos germinados como meio de preservar a saúde. Posteriormente vários povos começaram a usar esse alimento, entre eles os Sumérios há 6.000 anos.

Podem ser germinados cereais integrais, como trigo, centeio, aveia e cevada; leguminosas, como soja, lentilha, tremoço, feijão mungo, alfafa e ervilha; além de agrião, rabanete, abóbora, girassol, linho e gergelim, sendo também os mais apreciados pela textura e sabor de seus brotos.

Os brotos de grãos podem ser obtidos por processo caseiro ou em germinadores (maior escala e pode-se escolher entre processo com luz ou no escuro). Para a germinação sempre devem ser usados grãos inteiros (não partidos, não socados) e de boa qualidade (se este item não for observado os grãos apodrecem antes de germinar), a água usada também precisa ser de boa qualidade.

Quando um grão tem água, oxigênio e calor necessários, germina para formar um novo ser vivo, uma planta que por sua vez produzirá novas sementes. Uma maneira caseira de obter grãos germinados é, depois de catar e lavar bem os grãos, colocá-los numa vasilha e cobrir com água (colocar aproximadamente o mesmo tanto de água que de grãos).

Deixar de molho durante um dia e, em seguida, lavar os grãos novamente, deixando-os úmidos por mais um dia, mas sem nova adição de água. No dia seguinte aparecerão pontos brancos nos grãos, o que indica o início do processo de germinação e que estão com sua potência máxima (o tempo de germinação pode variar de acordo com o grão, a temperatura ambiente, etc), estando prontos para ser consumidos. Podem ser conservados na geladeira para a germinação não se realize muito rapidamente.

Nos grãos germinados todo o imenso potencial nutritivo está desenvolvido ao máximo, havendo liberação de energia, bem como de uma série de enzimas e de catalisadores que facilitam a absorção dos principais nutrientes do grão pelo organismo. No caso dos grãos de cereais germinados, os teores de alguns aminoácidos aumentam (entre eles a lisina que é um aminoácido essencial e é encontrado em baixos teores nos cereais sem germinar); também aumentam os teores de algumas vitaminas (antioxidantes, como a vitamina C e beta-carotenos) e minerais (aqueles na forma de fitatos, indisponíveis, são liberados enzima fitase para absorção); o amido é hidrolisado, aumentando o teor de açúcares; e as proteínas insolúveis são solubilizadas, melhorando sua digestibilidade.

O valor nutricional de grãos germinados assemelha-se ao de frutas e de verduras por seu conteúdo de água, vitaminas, minerais e enzimas. Como os grãos germinados estão pré-digeridos e são assimilados muito facilmente pelo nosso organismo, estimulam os processos digestivos e regeneram a flora intestinal. Aportam poucas calorias, por isso são usados para dietas de controle de peso (por exemplo, brotos de alfafa aportam 29 calorias para cada 100 gramas; brotos de soja, 30; brotos de feijão, 44; e brotos de trigo, 110). Seu consumo é indicado para pessoas com estômago sensível (há as que não toleram os grãos cozidos, mas aceitam bem os grãos germinados). Além disso, são simples de preparar, podem ser ingeridos logo em seguida de estarem germinados, sejam puros; seja na forma crú em saladas, com frutas, mel, sal marinho, leite; sejam grelhados, em tortilhas ou formando parte de diversos pratos cozidos, neste caso sugere-se adicioná-los ao final para que não percam suas propriedades.

Martha Z. de Miranda
Pesquisadora da Embrapa Trigo – Qualidade e Tecnologia de Grãos.

***

17 de ago de 2010

Essas e outras

Natal/RN
Fotografia: Marli Reis

Aluguei um carro e fiz um passeio, esse aí da foto, vi cores, formas, natureza e criação. Só ainda não tinha escrito algo sobre o assunto de maneira específica, mas isso nem mesmo é específico, pode ser uma breve passagem por uma lembrança registrada em imagem, essa e outras...  Lembranças guardadas, como quem guarda uma generosidade transformada em ação, então guardei sem pretender reservar num canto de algum arquivo de um tempo deixado sem merecimento, não! Essas lembranças estavam destinadas à luz do dia, do momento presente, desse seu olhar...

17 de jul de 2010

No garimpo...

 Outro olhar

Fotografia: Marli Reis

 

AS DUAS SOMBRAS

Olegário Mariano

Na encruzilhada silenciosa do destino,
Quando as estrelas se multiplicam,
Duas sombras errantes se encontraram.

A primeira falou: - Nasci de um beijo
De luz, sou força, vida, alma, esplendor.

Trago em mim toda a glória do desejo,
Toda a ânsia do Universo... Eu sou o Amor.
O Mundo sinto exânime a meus pés...
Sou Delírio...Loucura... E tu, quem és?

- Eu nasci de uma lágrima. Sou flama
Do teu incêndio que devora...
Vivo, dos olhos tristes de quem ama,
Para os olhos nevoentos de quem chora.

Dizem que ao mundo vim para ser boa
Para dar do meu sangue a quem me queira.
Sou a Saudade, a tua companheira
Que punge, que consola e que perdoa...

Na encruzilhada silenciosa do Destino,
As duas Sombras comovidas se abraçaram
E de então, nunca mais se separaram.
                                   


***

Um pouco de:

Olegário Mariano (O. M. Carneiro da Cunha), poeta, político e diplomata, nasceu em Recife, PE, em 24 de março de 1889, e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 28 de novembro de 1958.
Sua poesia falava de neblinas, de cismas e de sofrimentos, perfeitamente identificada com os preceitos do Simbolismo, já em declínio.
Foi eleito, em 1938, pelos intelectuais de todo o Brasil, Príncipe dos Poetas Brasileiros.
Sua poesia lírica é simples, correntia, de fundo romântico, pertinente à fase do sincretismo parnasiano-simbolista de transição para o Modernismo.
(Fonte: bíblio - A Biblioteca Virtual de Literatura)


20 de jun de 2010

No garimpo...


 Aratuba/Ce
Fotografia: Marli Reis

Quem é você realmente, viajante?

Todas as tradições têm seus místicos e todas as práticas sinceras podem levar à revelação da unidade.
(...)
Há uma história sobre um eremita taoísta que transmite com humor a verdade da unidade. Uma delegação formal do templo confuciano resolveu visitar esse eremita e pedir seu conselho . Chegando sem aviso à sua cabana, ficaram escandalizados ao vê-lo totalmente nu. "Por que está meditando na sua cabana sem as calças?", perguntaram. "O mundo inteiro é minha cabana", disse ele. "Minhas calças são esta sala. Eu é que quero saber o que vocês estão fazendo nas minhas calças."
(...)
O mundo é a nossa cabana. Sabemos que dividimos o ar que respiramos com os carvalhos e pinheiros das florestas, que a água que bebemos desce das nuvens, em forma de chuva, antes de entrar em nossas células. Tudo que somos ou possuímos é um presente que nos foi dado pela totalidade da qual viemos e para a qual voltamos. A mente e o corpo não são separados. Graças à compaixão natural e ao senso de justiça que os vislumbres da unidade despertam, começamos a tratar as outras partes de nós mesmos - tudo o que existe - com sabedoria. Despertando para unidade, descobrimos que temos o mesmo sobrenome das montanhas, dos córregos e das sequóias (sequoias).

Jack Kornfield, do livro Depois do êxtase, lave a roupa suja/ como o coração fica mais sábio no caminho espiritual, capítulo 6.

***

Uma releitura feita por mim nesse domingo em tempos de Copa do Mundo. E por falar nisso, minha bandeira balança lindamente na varanda! Abraços a todos que passam por aqui!
*

6 de jun de 2010

No garimpo...

Para Aratuba/Ce
Fotografia: Marli Reis

 As Duas Flores


Castro Alves

São duas flores unidas,
são duas rosas nascidas
talvez no mesmo arrebol,
vivendo no mesmo galho,
da mesma gota de orvalho,
do mesmo raio de sol.
Unidas, bem como as penas,
das duas asas pequenas
de um passarinho do céu...
como um casal de rolinhas,
como a tribo de andorinhas,
da tarde no frouxo véu.
Unidas, bem como os prantos,
que em parelha descem tantos
das profundezas do olhar...
como o suspiro e o desgosto,
como as covinhas do rosto,
como as estrelas do mar.
Unidas... Ai! Quem pudera
numa eterna primavera
viver, qual vive esta flor:
juntar as rosas da vida
na rama verde e florida,
na verde rama do amor!
"Antônio Castro Alves - Um dos maiores poetas braileiros, nasceu em Curralinho, Estado da Bahia, a 14 de março de 1847 e morreu a 6 de julho de 1871, (...) genial poeta romântico do Brasil." (Fonte: Livro de Maximiano A. Gonçalves, Língua Pátria, 31ª ed, 1965)

29 de mai de 2010

No garimpo...

Lua, vista da varanda numa tarde em Fortaleza/CE
Fotografia: Marli Reis 


O PLANETA TERRA...
QUE FASCINA!

A Terra é o terceiro dos planetas principais do sistema solar, em ordem crescente das distâncias do Sol. Situa-se entre Vênus e Marte. Gira sobre si própria, com movimento quase uniforme, em torno de um eixo que passa por seu centro de gravidade, enquanto circula em redor do Sol, em órbita elí­ptica. O eixo médio dessa órbita mede aproximadamente 149.500.000 km. Sua massa: 6 x 1021 toneladas. O estudo de certas radioatividades naturais permitiu fixar aproximadamente a idade da Terra em 4,5 bilhões de anos.
(Fonte: www.dicionárioweb.com.br)


***

Gosto muito de pensar a respeito disso, sempre desperta um sentido de participação, uma percepção mais acentuada do tempo e espaço, um modo de olhar melhor para mim. Compartilho...



9 de mai de 2010

No garimpo...

 Nascer do sol, em Fortaleza.

Fotografia: Marli Reis

 

O PLENO E O VAZIO

Carlos Drummond de Andrade

Oh se me lembro e quanto./ E se não me lembrasse?/ Outra seria minh'alma,/ bem diversa minha face./

Oh como esqueço e quanto./ E se não esquecesse?/ Seria homem-espanto,/ ambulando sem cabeça./

Oh como esqueço e lembro,/ como lembro e esqueço/ em correntezas iguais/ e simultâneos enlaces./ Mas como posso, no fim,/ recompor os meus disfarces?/

Que caixa esquisita guarda/ em mim sua névoa e cinza,/ seu patrimônio de chamas,/ enquanto a vida confere/ seu limite, e cada hora/ é uma hora devida/ no balanço da memória/ que chora e que ri, partida?

Fonte: do livro Corpo, 2ª ed, 1984 - meu querido livro!-)

Biografia sucinta: Carlos Drummond de Andrade (Itabira, 31 de outubro de 1902Rio de Janeiro, 17 de agosto de 1987) foi um poeta, contista e cronista brasileiro.(...)Drummond, como os modernistas, proclama a liberdade das palavras, uma libertação do idioma que autoriza modelação poética à margem das convenções usuais. Segue a libertação proposta por Mário de Andrade; com a instituição do verso livre, acentua-se a libertação do ritmo, mostrando que este não depende de um metro fixo (impulso rítmico). Se dividirmos o Modernismo numa corrente mais lírica e subjetiva e outra mais objetiva e concreta, Drummond faria parte da segunda, ao lado do próprio Mário de Andrade.
(Fonte: WIKIPÉDIA)

1 de mai de 2010

Para quem passar...

 Nascer do sol, em Fortaleza.
Fotografia: Marli Reis



Eu contemplo o mundo
onde o sol reluz;
onde as estrelas brilham,
onde as pedras dormem,
onde as plantas vivem
e vivendo crescem;
onde os bichos sentem
e sentindo vivem;
onde já o homem,
tendo em si a alma
abrigou o espírito.
Eu contemplo a alma,
que reside em mim..
O Divino Espírito
age dentro dela,
assim como atua 
sobre a luz do sol.
Ele paira fora na amplidão do espaço
e nas profundezas da alma também.
A ti eu suplico
ó Divino Espírito,
que bênçãos e forças
para o aprender,
para o trabalhar,
cresçam dentro de mim.


                                         Rudolf Steiner

***
Algumas vezes encontro em livros umas pérolas, então penso em compartilhar por aqui com os amigos que passam... E eu mesma quando volto à página sinto uma alegria por ter deixado aqui a beleza de alguém, neste caso, um olhar de Gudrun Burkhard no livro TOMAR A VIDA NAS PRÓPRIAS MÃOS, onde a autora lá pela página 60 finaliza o capítulo com o verso acima, falava do "despertar da alma infantil para o mundo". Grata à vida por isso!!! Grata a vocês que passam!!!

14 de mar de 2010

A amizade e o medo.

 Bonina, um presente de amizade.
Fotografia: Marli Reis

 *

Pensei, li e pensei, que para as pessoas serem amigas houvesse necessidade da comunicação (a fala, o olhar, a confiança, entre outras ligações de convivência), mas existe o medo, medo da política, medo da economia, simplesmente o medo. Entretanto, não é sobre o medo essa mensagem, é sobre a amizade que aprende a vencer o medo. 

Porque esta postagem teve início nesta tarde calma de domingo, onde os sinos tocam suavemente... Os sinos que coloquei próximo à janela, a mesma por onde vejo os pássaros voando... A sensação de parar sentada e ficar a ouvir... Tantos sons que seguem a musicalidade dos sinos... Isso completa  o quadro  pintado, inicialmente, no que vejo. Os sinos me acompanham, a reflexão sobre a amizade e o medo também. Aceitável o medo quando a amizade principia, o reconhecimento e as alegrias ainda não viraram saudade, quando isto acontecer, apenas a amizade e o amor  continuarão unidos, numa fortaleza de gigantes. 

Boa tarde de domingo a todos que passam por aqui!
*
Amizade (do latim amicus; amigo, que possivelmente se derivou de amore; amar, ainda que se diga também que a palavra provém do grego) é uma relação afetiva, a princípio sem características romântico-sexuais, entre duas pessoas. Em sentido amplo, é um relacionamento humano que envolve o conhecimento mútuo e a afeição, além de lealdade ao ponto do altruísmo.
(...)
A amizade pode ter como origem, um instinto de sobrevivência da espécie, com a necessidade de proteger e ser protegido por outros seres. Alguns amigos se denominam "melhores amigos". Os melhores amigos muitas vezes se conhecem mais que os próprios familiares e cônjuges, funcionando como um confidente. Para atingir esse grau de amizade, muita confiança e fidelidade são depositadas.
(Fonte de pesquisa: WIKIPÈDIA)

15 de fev de 2010

Folia

Reisado apresentado na Universidade Federal do Ceará
Foto: Marli Reis



Equilibrar as forças do pensar, sentir e agir, sem dúvida, neste momento, é um bom exercício para o silêncio em tempos de carnaval, porque algumas folias podem ser realizadas com o auxílio dos desfiles que acontecem na alma. Lá vai o abre alas do perdão, logo em seguida uma parada pelos domínios da prudência, bem na atmosfera da alegria vem saltitando as calmarias da simplicidade, somado a isso, o alívio do fluxo intenso dos pensamentos pela noite toda, sono bom. Entretanto, a extroversão é também boa de ver na criatividade e cores das fantasias veiculadas na TV, extroversão combinada com música, dança, arte. Paramos todos para o merecido olhar diferenciado apreciando o que se pode ver fora dos intrincados roteiros da alma, ou ainda observando o que se passa justamente onde  outros não podem ver, as veredas do espírito. Em alguns momentos, deixei-me conduzir pela folia do trigo, pão de todo jeito, isso enche a gente de força, gratidão e alegria!



4 de fev de 2010

Esse mundo

 
Foto:Marli Reis 



Tenho pensado que minhas fotos se repetem com variações  a partir do próprio movimento dos dias ou das horas, é o universo que me rodeia! Tenho pensado que vou aqui registrando e postando... Algumas pessoas - belas! - passam e comentam, o que me alegra, claro! Afinal é para os olhos dos outros que a gente posta, também serve como exercício da palavra, palavra sentida, certeza da  ligação com tudo que  se movimenta a minha volta. Fica legal quando a gente olha a foto e imagina o contexto... Fica legal quando a gente posta e imagina os caminhos que a postagem vai percorrer... Bem, essa é outra possibilidade para permanecer no mundo virtual e conhecer outros que também circulam, percorrem caminhos por aqui...

19 de jan de 2010

Agora é hora

 Caqui, e sua estética.
Foto: MR


Abrir os órgãos de percepção e de mais amor em proteção angelical, obter êxito e caminhos iluminados para se encontrar na inspiração os sentidos da honestidade, cuidar dos pensamentos, do coração e o espírito se encontrar na proteção como via de mão dupla, pelo que busca e fala, pelo que acha e ouve. Sim, tempos solidários, de despertar, de comunhão, de significados que trazem alento, brandura, todas essas características de quem verdadeiramente provoca um encontro com a essência pelo simples fato de existir, de querer compreender tantas lacunas, e preencher o presente com o possível, com o que se tem para a conclusão da felicidade. Pelo que se tem ao alcance das mãos. Agora é hora de agradecer...

10 de jan de 2010

No garimpo...


Entardecer em Fortaleza/Meireles
Foto: Marli Reis



Prece dos Sinos Vespertinos




Admirar o belo,

preservar o vero,

venerar o nobre,

decidir o bem:

conduz o homem,

na vida, a objetivos -

no agir, para o justo,

no sentir, para a paz,

no pensar, para a luz -

e o ensina a confiar

na presença divina

em tudo o que há:

na amplidão do Universo,

no fundo da alma.



R Steiner

(Do livro: Poemas e Pensamentos/Reflexões para o nosso tempo)



*

Bem que esse entardecer - registrado na foto - combina com esses versos, ou será o contrário?! O fato é que a mim, um lembra o outro, algo da imagem e das palavras se misturam e reverberam. Os detalhes disto são complacentes, entretanto, pode ser apenas parte de uma visão individual, considerando que a foto faz parte de uma observação num momento circunstancial. Compartilho por aqui ...