*




26 de jul de 2009

No garimpo...

“Voltei para casa, recapitulando meu dia. E cheguei mais uma vez à conclusão de que não é fácil ser calmo, sereno, alegre e otimista. Instintivamente tendemos ao pessimismo, fechamos o rosto, inculpamos os outros, deixamos de sorrir.”


“A vida vai ensinando ao longo de cada dia: o otimismo, como a felicidade, é um dom raro e precioso que é preciso defender. Um dom raro e precioso que é mister realimentar a cada passo. São tantos os inimigos da alegria, do otimismo, do rosto sorridente e descontraído.”


“A alegria não se compra, não se recebe de presente. Se fosse possível comprá-la, haveria menos gente triste sobre a face da terra. Mas as farmácias e supermercados de nossa sociedade de consumo ainda não conseguiram colocar essa mercadoria importante em suas bancas e prateleiras sortidas.”


“Creio também nos encontros sem palavras... Aqui e ali, experimento uma simpatia secreta por um desconhecido, que encontro na rua, no ônibus superlotado, nas arquibancadas do campo de futebol. Fixo-o, com ternura, e já não o torno a ver. Mas levo-o comigo, nas profundezas do ser. Sinto que a sua alma é a minha: os mesmos anseios, os mesmos temores, as mesmas angústias e esperanças. Quem já não prelibou essa comunhão silenciosa, esse encorajador contato de almas fraternais, que não falaram, mas apenas se olharam? Olhares profundos existem que jamais se esquecem. Perduram, enquanto a vida continua...”


“Amabilidade e gentileza, ternura e respeito só vivem e florescem, quando existe a convicção de que a pessoa humana é sagrada. Toda a paisagem tem céu, toda a beleza supõe altura, todo coração pede infinito!”


Roque Schneider


Do livro: E A VIDA CONTINUA, páginas 31/46/47, 6ª edição, 1978.


***


Bom acompanhar pensamentos desta natureza, bom poder guardar por tanto tempo esses reflexos iluminados sobre a vida, bom deixar aqui esses pequenos trechos e a possibilidade de continuar refletindo.

Um comentário:

Márcio Kindermann disse...

Texto bárbaro.Bom poder ler-refletir.
A vida continua.
Abç Marli, lindo dia prá vc.